Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

era assim a pouco ...

 

Ainda a pouco …
A chuva começou a cair!!!
Primeiro timidamente … Pingo ali, pingo aqui !!!
Eu , lá andava no meu passeio domingueiro pela vila …
Não fui apanhada de surpresa - mas não me impediu de fazer uma expressão de espanto.
É tão bom, (mas realmente bom) andar naquelas ruas cheias de histórias …
É tão ver o mar onde aprendi a nadar, onde o meu avô trabalhava, onde guarda as minhas melhores recordações …
O Pingo ali, pingo aqui tornou-se mais forte e lá tive de deixar as filosofias matinas …
Enquanto procurava um lugar onde me abrigar, vi-a as gaivotas felicíssimas na praia (juntamente com os surfistas)!!!
E pensava que na natureza esta tudo programado para que  todos nós retiremos felicidade seja qual for o estado do tempo.

 

4 comentários

Comentar post