Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

2 days in paris

Ai o que eu me ri ontem a ver este filme ...

 
Acho incrível o universo de Julie Delpy !!!
(sempre achei, desde do tempo do “antes de amanhecer”)
 
Sempre neurótica, o que a torna tão real,
- pois de uma forma geral, todos nós somos um pouco neurótico.
(mesmo aqueles que dizem que não o são, estão a sê-lo nesse momento)
 
São as cores, as musicas, os diálogos, as ruas, os sabores, os cheiros ...
De Paris - a minha Paris, que nos resgatam do sofá e nos levam ate a uma cidade ali ao virar da esquina. são os pormenores que tornam esta "comedia" tão peculiar. Muito diferente aqueles grandes filmes (cheios de sapatos altos, roupa de marca e cabelos 24h sempre esticados )
 
Este “2 dias em Paris” relata  a essência de ser pessoa … pessoa normal, aquela que acorda despenteada, que tem de usar óculos fundo de garrafa porque não sabe onde estão as lentes de contacto, aquela que simplesmente não sabe que caminho escolher e tudo misturado , com  um pouco do estilo de wood allen e zás, passamos um bom serrão.
 
A historia ora vejam:
 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.