Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

2º feira ...

E assim ele chega ...

devagar, devagarinho ...

como quem chama por mim!

Ouço-o, viro-me para o lado...

( o meu cabelo, esta bem? )

xiuuuuuuu, Cotovia que cantas do lado de fora da janela.

truz, truz ... ( oh não)

Olá bom dia - diz-me ele!

...  e eu morro de amores!

 

4 comentários

Comentar post