Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

meditações enquanto não toca o despertador ...

As amanhãs estão a começar mais devagar, desde que as andorinhas fizeram as malas rumo ao sul e nos deixaram aqui com o Outuno fresquinho. Desde de então, tudo ganhou um ritmo mais lento, seja o sol que se demora mais a subir a serra, quer seja os bichos que se deixam ficar no ninho enrolados prolongando a preguiça por mais cinco minutos.

Aqui pelo jardim, andam quatro pássaros malucos em animadas discussões de um piu piu barulhento e irritante, quem esta de olho neles é Chico, o gato que de tempos a tempos com enorme esforço faz um pequena corrida para mandar os ditos pássaro embora e assim dar continuidade à sua missão de nada fazer e simplesmente ser ... !!!

Os pássaros levantam voo e vão para cima do telhado da vizinha Adelaide dar continuidade as conversas sonoras!!! Devem ser eles que tem a missão de acordar a bichadara e as arvores que também ainda não se deram conta que o dia esta a começar...!!!

Um dos pássaros despertadores, esta aqui à minha beira, olha-me com admiração tenta perceber se sou bicho ou arvore ... Um dia vou ser pássaro, por agora sou escritora, imaginado como será ter o trabalho diário de ser pássaro de assa preta barulhento e feliz ...

Confesso que só me falta a dita assa preta, porque barulhenta já sou o sou e a felicidade é um posto que à muito conquistei!!! Também é simples, quando se acordar as 6h30 para meditar e observar as conversas dos bichos a felicidade só pode ser um posto adquirido!!!