Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

caminho alternativo para chegar a casa ...

 

 

 

  

 

  

 

  

 

 

 

 

Todos os caminhos me servem, caso todos me façam feliz...

E mesmo, aqueles que nem por sombras me fazem contente, abro a janela do carro e aprecio a vista!!!

Existe (graças a Deus e aos engenheiros) sempre um cruzamento mais ali a frente onde se pode mudar o percurso.

 

Ás vezes, deixo a nacional ao longe e sigo o trilho de terra batida, lamacenta, esburacada e sossegada para chegar a casa...

O trajeto é atulhado de uma paz se estranha (depois de um dia de trabalho) mas que rapidamente se entranha…

Dizia eu ontem a uma amiga que nenhum caminho, nenhuma viagem, nenhuma jornada nos pode dar pacificação de espirito, tranquilidade daquela que se sente ao respirar. Não mudei de opinião, acrescento contudo, que poderá existir cursos que despertem em nós aquilo que a muito trabalhamos, ou ainda, poderá existir passagens que activem dentro de nos “cenas” que nem sabíamos que tínhamos…

De cena em cena vou eu fazendo o meu caminho, as vezes pela nacional outras vezes por terra batida, a pessoa que chega a casa todos os dias não é a mesma que saiu de amanha, o caminho só ajuda a despertar quem eu sou.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.