Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

coisas que aprendi a gostar (1)

"Considero-me o resultado de encontros marcados.

Acredito no destino, mas só depois de ele ter acontecido.

Não sou fatalista, sou integralista: tento integrar cada um 

desses encontros dentro de um significado mais amplo e

fecundo. Por vezes foi fulgurante; outras vezes teriam 

de passar alguns anos para eu o compreender. E outras

vezes ainda só uma rebuscada análise literária permitiria

extrair significados e concluir que desses encontros tinha

nascido um novo ser: eu depois de mim." Gonçalo Cadilhe

2 comentários

Comentar post