Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

A passagem, somente a passagem ...

  Quando se chega a uma cidade já conhecida, pouco existe que fazer.

 

A mala conhece tão bem as ruas como os meus passos …

 

Os museus já foram visitados, os lugares indicados pelos guias e afins,

 

Foram já previamente frequentados! Torna-se então espontâneo re-descobrir,

 

 Que é no conversar com as “criaturas” locais a maneira ideal de conhecer realmente um lugar…

 

De criatura para criatura Madrid deu-me entre outras coisas para dormir a sesta no jardim publico!!