Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

palavras com rimas improváveis

Gosto das rimas improváveis que algumas palavras compõem …
Sempre gostei de poesia e de tudo o que a ela está ligado, e sempre senti que as rimas por mais atrapalhadas que pudessem ser, desvendavam mistérios, dando-nos pistas de como podemos encontrar em nós os recursos naturais para a felicidade.
Esta seria a razão que eu encontrava, quando a minha altura que ao tempo não chegava ainda a medir um metro, para explicar algumas das rimas desajeitadas que me iam surgindo pelo caminho. Nem só de “verdes são campos da cor do limão (…)” vive o homem, muito menos a mulher e de certeza absoluta tão-pouco a criança . As rimas, as poesias que mantinham uma carga gramatical muito forte conectada sempre a um classicismo puritano foram-se desvanecendo dando espaço a vínculos entre palavras que nasciam timidamente quase de uma forma celestial, pura e límpida criando uma nova harmonia entre quem as escreve e quem as lê. Torna-se assim mais real o poeta que escreve e a palavra impressa que consola o espírito e corpo de quem a lê.
Novas uniões de palavras brotam por entre as gentes, felizes e espantadas por haver tanta coisa para dizer, oferecendo oportunidade a que os sentimentos tenham mais um meio de se declararem, de se oferecerem ao mundo. Hoje chegou até mim com a ajuda de duas amigas da alma, duas palavras incertas de uma boa ligação entre si, amor e corrector.
E sem querer fazer poesia, mas com alma de poeta ardente ansiosa por magia, encontro e admiro estas palavras que juntas retiram poder ao castigo, á punição e à falta de sensibilidade de alguns adultos que através da sua força (física e psicológica) aprisionam a criança numa educação de falsos moralismos e de hipócritas valores.
Correctores, só os aceito se foram com amor. E quem ama, quem tem dentro de si um trabalho de análises de si próprio, de confiança e bem-estar, só pode aplicar correctores de amor.
E assim, nasce esta ligação prefeita entre estas duas palavras distantes no dicionário mas juntas quando aplicadas em educação …

11998418_10207830499296322_616478639_n.jpg

 

1 comentário

Comentar post