Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

I parte

 

A minha ideia era de não lá voltar mais...

Ao fim alguns anos no mesmo festival queria despedir-me

Classifiquei este 13 Sudoeste como o  Ultimo.

Lá fui eu de mala (ainda não ás costas) por estradas velhinhas,

Do imenso e muito meu querido Alentejo !!!

Sem me dar conta, sem saber bem como ou porque esqueci as razões que me fizeram desejar que este fosse o ultimo... 

Existe algo que não consigo explicar !!!

É a magica do deixa "fluir",

É a onda da libertação de energias acumuladas durante o ano ...

Não importa quem canta ou o que canta ...

Importa é estar ... Ser e sentir o mundo aqui na palma da mão (sim, na palma da mão na outra esta um copo de cerveja). Sei que vou lá estar para o ano.

Deixei-me encantar por Mariza ...

Pelas geraçoes separadas por muitos anos juntas num mesmo publico.

 

 

de L.F.R.Diário de Notícias, 7 de Agosto de 2009 (Mariza)

Vai estrear-se no palco principal do Sudoeste. Quais são as suas expectativas?


Vai ser um desafio enorme e único apresentar a minha música a um público que habitualmente procura outras sonoridades. É um privilégio poder cantar num festival de tão grande prestígio como o Sudoeste.

4 comentários

Comentar post