Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

38º dia - quarentena da gratidão

chico o gato.JPG

 

O dia foi passando entre gatos que fingiam dormir numa savana imaginada mesmo há minha beira enquanto eu lia e dormitada ao som dos carnavais que aconteciam na vila. Este domingo foi a continuação de um sábado de leituras, preguiças, pensamentos e ideias a germinar em mim, ganhado estruturas solidas para daqui nascer um novo projeto.

 

Esta quarentena de gratidão diária entra hoje na última semana …

 

Parece-me que começou ontem o ano, a esperança, a renovação de votos e a perspetiva de tantas coisas … !!! A quarentena pode chegar ao fim (pelo menos registadas diariamente aqui) tudo o resto mantem-se em força, e a cada dia que passa essa robustez cresce, aumenta o seu tamanho dando-me alento a construir mais pontes de mim para o mundo e do mundo para mim.

 

Apercebe-me de algo agora mesmo, além de estar grata pelo dia de gatos, leituras e de te visto o filme “divertidamente”, estou em especial grata ao pormenor de ser quem sou. Não sou melhor que ninguém, nem tão pouco pior que alguém, sou exatamente igual a ti que lês estas palavras, um ser humano, com sentimentos, ideias, valores e com uma gigantesca consciência alargada do aqui e do agora. Estou grata por ter deixando os caminhos pré-definidos pelos holofotes do ego, e ser EU…

 

Ainda tenho muito caminho pela frente, mas a primeira etapa esta concluída … !!!

Estou Grata …

 

(#‎quarentenadegratidão‬)