Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

amanha, chega o melhor de setembro ...

Palavras Andarilhas 2008

 

 Embrulhado em papel colorido ...

amanha em Beja é dia de historias !!! e porque eu sou uma contadoras de historias não poderei faltar a cidade que todos os anos se veste de palco para os muitos contadores de historias !!! este ano, serei ouvinte ... ( pois ainda tenho muito para aprender) !!!

 

P.s - mesmo quando me perco para lá chegar ( faz parte da tradição de beja) a viagem é feita pela manha na melhor companhia ...

mentira !!!

 

Tenho saudades de muito mais … (muito mais mesmo …)
Saudade dos beijos que se perderam … alguns deixei-os cair no chão;
Dos meus amigos que não vejo já alguns anos;
Dos amigos que vejo todos os dias;
Do carnaval;
De me apaixonar no meio do nada;
De morrer de amores;
De Saber que ninguém morre de amores;
De estar sentada com a Andreia na tasca em Palmela;
Do meu Meco ( somente meu);
De mentir, e dizer que não ( quando na verdade quero dizer sim)
De todas as cidades que já visitei;
Andar de avião e andar na lua ;
De ir para Lisboa e saber que quando lá chegar vou ter um beijo a minha espera;
Da Faculdade;
De dizer mal dos professores;
De chorar ( as vezes é preciso);
De Paris da minha outra vida;
Das férias, dos amigos das férias, dos concertos das férias, do sentimento de liberdade;
De mergulhar;
De rir, de estar, de sentir e ser sentida;
De dizer o que penso;
E apesar de muitas destas coisas as ter feito hoje …
Sinto saudades, que o amanha venha a correr, que não passe a correr, para quando chegar a noite eu possa voltar a dizer - “ tenho saudades” ...

foto + grafia

 

Inauguração !!!

Todos os domingos tenho o habito de me vestir das cores da estação, descer a longa rua ... e pousar junto a praia ...

 

I olhar - Os velhos (aqueles que sabem esperar)

 

II  olhar - para além de

 

III  olhar - as gentes

 

IV olhar - o meu

 

Só aqui, unicamente aqui encontro o meu lugar, na vila onde nasci, onde o mar é mais azul, onde as gaivotas voam mais alto, onde a maresia é mais fresca, onde os velhos não morrem,  são mentes inquietas, são baús de histórias ... e à tardinha, quando o sol dá sinal da sua fraqueza, podemos encontrá-los meio perdidos pelo muro da praia... esse muro, a única fronteira que eles conhecem. Aqui me encontro, aqui sonho, aqui sou livre, aqui me vejo, aqui se iniciam as minhas viagens.

 

 

depois de pouco pensar ... respondo !!!

 

Digo três coisas que me encantam de encantar …
Aquelas coisas que me deixam encantadamente  encantada !!!
 
1-    Encanta-me ser (de vez enquanto) “encantada” por alguém…
(que me fazem dançar a chuva ...)
 

 

 

 

2 -    Encanta-me lugares/coisas/experiencias novas e diferentes
( se ele é um de nos, então eu quero viver tudo aquilo a que tenho direito)
 

 

 

 

3 -    Encanta-me estar feliz
(saber que ja o sou ... )
 

 

 

( estre muitas coisas ... muitas mais coisas, aqui estou eu !!!)

 

Desafio a Tee ( que gosta de desafios )  e a Celia Amelia ( que vive com as cegonhas) ... Por favor digam-me /digam-nos três coisas que vos encantem !!!

finalmente uma historia ...

 

 

 

E se tudo aquilo que nos resta …

É a eternidade?!?!
Encontrei-o ontem ao final do dia, na ultima prateleira do clube de vídeo … perecia que estava a minha espera, calado, sossegado para não dar nas vistas e sobretudo atento aos movimento das pessoas estranhas que passavam sem o olharem …
Peguei-lhe, lembrei-me que já algum tempo tinha escrito um post sobre ele …
Queria-o muito então !!! Mais do outra coisa …
Queria ver Londres !!! ( abafar as saudades …)
O tempo ( esse matreiro ) passou,  e o grande desejo de o ter perdeu-se !!! (o tempo tem essa magnifica capacidade –perder/esconder “coisas” )
Ontem, o tempo distraiu-se ( culpa de ser domingo a tarde e da preguiça de tal) abri gavetas , e mais gavetas … e lá encontrei entre pós e poeiras o desejo de ter/ver Atonement  …
Percebi então, porque razão o tempo brinca ás escondidas …
Finalmente uma historia de amor, sem modas .. !!! Ufaaaaaa já era sem “tempo”

P.s – estou farta das comédias românticas …

 

Sim, absolutamente cansada de ver sempre as mesmas historias …
Os perfeitos e os mais que perfeitos, que por incrivel que possa parecer ate  na dor são perfeitamente belos e amarelos !!! sim, isto é revolta contra as historias não tragicamente românticas …
Quero de volta as esperas, as ausências, os sofrimentos puros … as magoas, as cartas, os choros, os meses a passar … quero de volta aqueles primeiros encontros em que não existem beijos … simplesmente a magia !!!
Ok, quero de volta as historias de Jane Austen e companhia …
Quero sentar-me no sofá, e ver realmente uma historia de amor …
Não uma facilidade de uma noite !!! ( ou manha )
Não que estas facilidades - filmes, não sejam importantes …. ( nomeadamente para as noites de inverno, em que a chuva bate na janela e a lareira esta praticamente sem lume, porque tenho preguiça de me levantar)
Mas quero-me apaixonar !!! – A seria !!! 
E pela minha experiencia  (trágica, como deve ser qualquer historia grega …)  a historias de belos e amarelos nunca dão certo !!! ( só mesmo no ecrã …)
O que me vale, é a excelente banda sonora de determinados filmes … =)
Aqui fica um exemplo ( nao se deixem enganar com o clip, como eu ...)
P.s – I love you