Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Clic clic aqui e ali

Vou fazer um curso de fotografia …

Finalmente vou dar asas a este bichinho que vive aqui dentro e de vez enquanto faz clic clic …

Este gosto pela fotografia surgiu quando comecei a viajar…

(quer dizer começou mais cedo, mas a necessidade de fotografar começou quando os passos me levaram a novas realidades…)

Comecei a ver mil e uma imagens da mesma torre do mesmo relógio da mesma praça da mesma
fonte da mesma praia ou da mesma montanha … então surgiu algo mágico no meio dos postais e dos álbuns de outros, nasceu a minha visão através da lente … algo tão pessoal, tão único que me dá vontade de pegar nas imagens e guarda-las numa
caixa de papelão durante um pouco para depois a partilha-las, dando-lhes vida e soltando-as no mundo …

As imagens deixam-me e começam a fazer o seus caminhos …

As boas fotografias em minha opinião (modesta claroooo) está mais relacionada com o
olho por destras da objectiva do que propriamente com a técnica!!! É a alma que
capta o momento, e é essa mesma alma que faz puxar da máquina da mochila e que
faz com que o dedo dispare no momento certo para encontrar as cores autênticas, o enquadramento perfeito para então ser “a tal foto."

É preciso deixar o conhecido, é preciso “olhar para cima” e ver o que só se consegue ver
quando os olhos ficam a nus …

Depois, bem depois existem certos locais que são só por si fotografias em forma de realidade, qualquer disparo em qualquer direcção faz de cada fotografia algo genuíno… são arrestadas para a maquina todas as cores, todos os cheios, toda a humidade
ou o todo o calor daquele momento… as vezes, de tempos as tempos existe alguém que consegue captar a emoção e então temos obras de arte…

Aqui, deste lado, mais do que a fotografia existe a legenda …

Muitas vezes olho o que esta a minha beira e vêem-me a cabeça as palavras que encaixam na perfeição
com o momento. Talvez, porque a minha primeira paixão sejam as palavras e forma
como juntas, como conjugadas como aliadas conseguem invadirmos… ou me conseguem invadir!!!

Na minha vida existe uma ordem:

Depois do amor vem as palavras e depois das palavras vêm as imagens …

 

2 comentários

Comentar post