Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

... coisas daqui para ai !!!

E se eu te contar que me que apaixono por ti diariamente?

Vais rir? Certamente pois!!!

Vais construir teorias pavorosas de como a paixão é fugaz, inserta, louca e desmedida, uma linha não recta que tem como destino uma queda vertiginosa para um abismo sem fim.

Vais re-lembrar-me toda a filosofia existencialista, toda a teologia que condena as paixões prolongadas…

Vais-me ler pedaços de texto, de versos, de prosas, de testemunhos arcaicos … de paixões febris e efémeras sem eira nem beira..

  Vais-me contar historias e em  alguns casos inventava-las para me convencer que ninguém se apaixona diariamente…

Vais rir, vais-me olhar de esguelha, vais-me falar a serio, vais judiar e ironizar… e no fim  falar novamente a serio.

E quando estiver tudo dito, quando todo o teu discurso (in)directo tiver terminado, voltarei a dizer que me apaixono por ti todos os dias …

É como o universo em expansão – todos os dias cresce mais um pouco.

Não existe amor perfeito

Nem tão pouco, amor imperfeito.

Existe somente, Amor!

2 comentários

Comentar post