Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

Fabuleux destin d'Ana

Não existe lugar para o acaso ...

jardim de inverno I

 

Nesta altura do ano, o jardim fica que meio esquecido ...

A chuva miudinha não nos deixa sair e cuidar das plantas, arvores e afins  ...
Contudo, é desta forma que eu mais gosto deste espaço que fica mesmo em frente a Janela de onde vos escrevo ...
Permanece que meio natural/selvagem dentro do imaginável por mim ...
Torna-se um local de culto desigual do que é habitual …
Em vez aparar as pontas, deixo-as crescer inevitavelmente …
Dando coragem aos meus sentimentos mais acautelados de saírem do armário!
É o Inverno em mim …  (seja bem vindo)
 

8 comentários

Comentar post